ABI BAHIANA

8 filmes com histórias de jornalistas inspiradoras

Poucas manifestações artísticas são tão marcantes quanto o cinema, assim como poucas áreas profissionais atravessaram transformações tão profundas quanto a comunicação. O que muda pouco são os desafios impostos para a atuação feminina, já que o machismo, o sexismo, o etarismo e o racismo parecem seguir dando as cartas.

Nós entendemos a comunicação enquanto estratégia de luta e os meios de comunicação (e também as artes) como espaços com enorme potencial para promover mudanças importantes em nossa sociedade.

Neste 8 de março, queremos celebrar as mulheres que fazem história e parabenizar em especial todas as comunicadoras e trabalhadoras do ramo da tecnologia da informação. Vocês nos enchem de orgulho!

Listamos aqui 8 obras que abordam diversos aspectos da vida da mulher em sociedade, sejam filmes baseados em fatos reais, docs ou narrativas ficcionais, para quem gosta dos bastidores da notícia e quer se inspirar em grandes jornalistas, como a revolucionária Katharine Graham e a corajosa Marie Colvin.

Confira a seguir!

1. Uma Guerra Pessoal (2018)

Biografia sobre a jornalista Marie Colvin (Rosamund Pike), premiada repórter norte-americana, conhecida por cobrir zonas de conflito como Chechênia, Kosovo e Zimbábue. Durante um trabalho no Sri Lanka, ela perdeu seu olho esquerdo em 2001 e passou a usar um tapa-olho, que se tornou sua marca registrada até sua morte em 2012.

2. Òlòtūré “Por Uma Vida Melhor” (2019)

O filme de ficção nigeriana acompanha a jornalista Òlòtūré (Sharon Loja), protagonista do filme na região de Lagos. Disfarçada de profissional do sexo, seu objetivo é denunciar a situação de prostituição e o tráfico de mulheres.

3. A Jornalista (2019)

A jovem jornalista Erika Yoshioka trabalha no “Tokyo Metropolitan News”, onde seu pai cometeu suicídio sob suspeita de falsificar notícias. Ela passa a investigar esquemas de corrupção no governo japonês. A série da Netflix é uma adaptação desse filme inspirado no livro de Isoko Mochizuki.

4. O Escândalo (2019)

Baseado em uma história verídica, o filme traz um trio de jornalistas – vividas pelas atrizes Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie -, responsáveis pela divulgação das denúncias de assédio sexual que levaram a demissão do diretor da Fox News, Roger Ailes. 

5. O Custo da Coragem (2003)

O filme traz a inspiradora – e trágica – história de Veronica Guerin (Cate Blanchett), jornalista que descobre um grande esquema de narcotráfico em Dublin, na Irlanda. Expôr o submundo do tráfico lhe traz reconhecimento, mas também coloca sua vida em risco. 

6. Conspiração e poder (2015)

Outro filme estrelado por Cate Blanchett, dessa vez na pele da jornalista Mary Mapes. A obra mostra os bastidores da reportagem que revelou as irregularidades da carreira militar do então jovem George W. Bush, que se valeu de relações nepotistas para não servir na Guerra do Vietnã. A jornalista sofreu um sério backlash após divulgar a matéria. 

7. Spotlight (2015)

O filme se baseia na investigação dos jornalistas do ‘The Boston Globe’ sobre os casos de pedofilia abafados dentro da Igreja Católica. Integrando o grupo que conduziu a investigação estava a jornalista Sacha Pfeiffer, única mulher no time. Recebeu o Oscar de Melhor Filme em 2016. 

8. The Post – A Guerra Secreta (2017)

A lendária publisher do Washington Post Katharine “Kay” Graham é vivida por Meryl Streep. Uma das envolvidas na apuração do caso “Watergate”, que levou à renúncia do presidente norte-americano Richard Nixon. O filme mostra o papel da jornalista na publicação dos documentos secretos do Pentágono sobre a Guerra do Vietnã. Além de nos revelar a importância dessa figura para a história do jornalismo investigativo, o filme é ainda um elogio à liberdade de imprensa.