Notícias

Palestra na ABI aborda novidades da astronomia

O universo em detalhes, berços de estrelas, em cores e formas nunca vistas. As imagens feitas pelo supertelescópio espacial James Webb têm deixado o mundo fascinado. Potencializador de pesquisas, o instrumento ótico não para de render memes na internet e motivar pautas. Jornalistas que cobrem ciência vão ter, nesta quinta-feira, 25 de agosto, uma oportunidade para debater essas novidades do campo astronômico e entender os impactos das descobertas recentes. A Associação Bahiana de Imprensa (ABI) vai promover em seu auditório, a partir das 19h, a palestra “Astronomia no 3º Milênio”, ministrada por Fernando Munaretto, presidente da Associação de Astrônomos Amadores da Bahia (AAAB) e editor do blog O Guardador de Estrelas. O evento é gratuito e aberto a quem se interessar pela temática.

“Faremos uma introdução à astronomia, passando em revista a construção do conhecimento astronômico até aqui, os atuais modelos para as grandes estruturas do universo observável e as perspectivas para o futuro próximo da astronomia e astronáutica”, adianta o educador. Munaretto pretende aproveitar a bela vista proporcionada pelo Edifício Ranulfo Oliveira, no Centro Histórico da capital baiana. “Se o bom tempo permitir, faremos uma observação a simples vista na varanda, identificando os principais astros visíveis”.

Vista do 8º andar do edifício-sede da ABI | Foto: Paula Fróes

Fernando Munaretto é paranaense, radicado na Bahia desde janeiro de 1996. É astrônomo amador e montanhista; amante de história, literatura e geografia. Trabalha com educação e divulgação da astronomia, ministrando palestras e observações do céu ao ar livre na Chapada Diamantina, no Planetário do Museu Parque do Saber, em Feira de Santana, e com diversas escolas e instituições de ensino da capital e do interior da Bahia e do Nordeste. É conferencista e tem contribuído com a reflexão sobre a relação entre astronomia, meio ambiente e água e seus desdobramentos na construção de um olhar sobre as estratégias de desenvolvimento econômico que sejam adequadas à manutenção das funções ecológicas planetárias.

“Para nós, jornalistas, é uma atividade importante, especialmente por conhecer uma fonte qualificada e ter a oportunidade de debater assuntos que estão na pauta jornalística”, destaca o jornalista Ernesto Marques, presidente da ABI. De acordo com Marques, o jornalismo científico é cada vez mais precioso, principalmente para fazer a ligação entre o conhecimento e a sociedade. “Não podemos ser reféns de desinformação e teorias conspiratórias, como a hipótese de planicidade da Terra ou o negacionismo sobre vacinas. Quanto a gente mergulhar no universo da ciência, mais qualificado é o nosso trabalho. Sem falar que é um tema apaixonante”, afirma.

SERVIÇO

Palestra Astronomia no 3º Milênio – com Fernando Munaretto
Dia 25 de agosto
19h
Local: Auditório da ABI (Edifício Ranulfo Oliveira, Rua Guedes de Brito, 1 – Praça da Sé)
Evento gratuito e aberto ao público