Notícias

Projeto de pesquisa da UFBA lança documentário sobre inclusão racial na computação

Abordando os temas da inclusão racial, letramento político e computação, o grupo de pesquisa e extensão “Negros e Negras na Computação” (NNC/UFBA) irá lançar neste sábado (19) o documentário “Eu [Não] Sou de Computação”, no Cine Teatro Solar Boa Vista, às 18h, seguido de um bate-papo com os protagonistas do filme. Devido à necessidade de distanciamento imposta pela pandemia de Covid-19, o lançamento presencial será restringido aos convidados, mas o evento contará com transmissão pelo canal de YouTube do projeto. Além da exibição do filme, a noite será brindada com apresentações artísticas.

As gravações  do filme foram iniciadas em 2018, em Uberlândia e São Paulo, e finalizadas em 2019, em Salvador. O “Eu [Não] Sou de Computação” aborda, por meio das histórias contadas por sete jovens, negros e negras, os desafios e as soluções encontradas por eles para se manter e alcançar o sucesso na área da Computação. Além de tocar nos problemas individuais, o documentário também busca entender como o racismo estrutural afeta o futuro dos jovens negros e negras e propõe um debate urgente sobre o tema. Todo o projeto foi desenvolvido com o suporte do Institute of International Education e da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil da UFBA.

O lançamento do documentário faz parte da programação do VI Fórum Interdisciplinar sobre Formação Docente com Tecnologias (Acesse aqui para mais informações). Este ano, o Fórum conta com o tema  “Computação na Ação-Formação Humanística” e irá promover suas atividades nos dias 18 e 19 de fevereiro. Todo o projeto e as ações formativas foram desenvolvidas com o apoio do da Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT) da UFBA, Fundação Itaú Social, Fundação Carlos Chagas, CNPq e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.  

O grupo NNC/UFBA integra o Grupo de Pesquisa e Extensão em Informática, Educação e Sociedade – ONDA DIGITAL, do Instituto de Computação da UFBA. Criado em 2016, o grupo desenvolve ações para promover a formação político racial de grupos e comunidades e para ampliar o letramento racial nas tecnologias e computação. Segundo informações divulgadas pelo NNC, a ideia de realizar o documentário parte da vontade de “seguir ampliando e promovendo o diálogo com pesquisadores, ativistas e lideranças comunitárias que visibilizam iniciativas de empoderamento negro nas tecnologias e computação, principalmente aos jovens negros”. 

SINOPSE 

O documentário aborda as soluções de permanência e de sucesso acadêmico e profissional de pessoas negras na área da Computação por meio de 07 histórias marcantes de jovens negras e negros que relatam suas vivências e apontam caminhos possíveis para lutar contra o racismo estrutural cotidiano, tecendo uma reflexão necessária e urgente de possibilidades para o futuro de jovens negras e negros.  

Trailer do filme

SERVIÇO

Lançamento do documentário “Eu [Não] Sou de Computação” 

Quando: Sábado, 19 de fevereiro, às 18h 

Onde: Cine Teatro Solar Boa Vista 

Evento gratuito, para convidados, com transmissão pelo Youtube

  • Para mais informações: 

Instagram: @nncufba | Site www.eunaosoudecomputacao.com