Notícias

Professor Leonardo Costa toma posse como novo diretor da Facom

Evento online com a presença do reitor também empossou Washington de Souza Filho como vice

Com a presença do corpo docente, representantes discentes, servidores técnicos, do vice-reitor Paulo César Miguez e do reitor João Carlos Salles, tomou posse na tarde desta segunda (29) a nova diretoria da Faculdade de Comunicação (Facom) da UFBA. Composta pelo professor e produtor cultural Leonardo Costa, como diretor, e o professor e jornalista Washington de Souza Filho, como vice, a gestão assume com o objetivo de dar continuidade e ampliar as ações desenvolvidas pela direção anterior, encabeçada pela professora Suzana Barbosa. O evento ocorreu de maneira online e contou também com a participação da deputada federal Alice Portugal (PCdoB), parceira de longa data da instituição. 

O professor Leonardo Costa assumiu a direção saudando as gestões anteriores, as quais ele pôde observar e aprender. “É a partir do trabalho de quem buscou contribuir com nossa faculdade que miramos o futuro, numa realidade que desafia a universidade pública”, afirmou. Os presentes recordaram dos desafios impostos à educação no Brasil atualmente, em meio aos cortes nas áreas de ensino e pesquisa, os bloqueios orçamentários, os ataques às universidades e, por fim, a pandemia, que trouxe a necessidade de inovação do modelo de ensino que se usava até então. 

“Temos uma faculdade que se projeta nos tempos atuais. A todo momento buscamos repensar nossas práticas e ampliar o nosso alcance. Queremos, de forma continuada, reforçar o espírito de coletividade e de bem estar nas nossas relações interpessoais”, completou o novo diretor. 

Washington, agora vice, fez coro às palavras de Leonardo. “Em geral, os resultados têm demonstrado a qualidade dos docentes, a atuação dos estudantes, além da atuação dos servidores técnico-administrativos. A realidade dos bons resultados, porém, é de muito esforço. O empenho é o que permite justificar a condição alcançada”, ressaltou. O professor evocou o histórico de inovações que marca a história da Facom desde o começo, como o terceiro curso de Jornalismo a ser fundado no país, a implantação do curso de Produção em Cultura e a caminhada para a implantação do ciclo de formação em Cinema e Audiovisual. 

Gestão de adesão

Elogioso com a qualidade das instalações e ao ensino da Facom, o reitor da UFBA, João Carlos Salles, também reafirmou o desafio que é gerir uma instituição pública nestes tempos. Porém, ressaltou que, acima das dificuldades, permanece o horizonte de construir um espaço que acolha os estudantes, permitindo que eles possam se desenvolver e que seja um lugar onde estejam protegidos das mazelas que os atingem em outros espaços. “A emoção que nos liga à instituição é por saber que nela nem sempre encontraremos aplausos, que erraremos também muitas vezes. Mas, erraremos na convicção de que estamos construindo uma instituição pública, de qualidade, uma instituição que expressa os melhores valores”. 

Os professores dão continuidade ao seu histórico de atuação na e pela Faculdade de Comunicação. Como reforça o reitor, a adesão dos professores à gestão da faculdade torna-se mais que um emprego. “Esse contexto de adversidades nos faz compreender muito bem que a entrega à gestão não pode ser algo separado das tarefas de ensino, de pesquisa e de extensão. Trata-se de um projeto de vida e de nação que se imbricam”, declarou. 

Emoção

No encerramento de sua gestão, a professora Suzana Barbosa agradeceu, emocionada, a todo o corpo de trabalho que a apoiou durante os oito anos em que esteve na diretoria, desde os servidores e funcionários terceirizados, até os professores e ao próprio Leonardo Costa, que também foi seu vice. “Eu me sinto muitíssimo honrada e gratificada por ter colaborado para elevar ainda mais o nível de excelência desta faculdade, que há 34 anos vem formando profissionais e pesquisadores na área da comunicação”. 

“Somos uma área imprescindível. A Facom tem dado contribuição ímpar e possui, merecidamente, seu lugar de referência tanto local quanto nacionalmente, também reverberando a sua qualidade internacionalmente”, afirmou Suzana. A nova gestão deve permanecer na direção até o ano de 2025. Já no próximo ano, irão lidar com o desafio de manejar uma retomada segura das atividades presenciais. Alguns desafios são novos, outros são os mesmos. “Leo e Washington, agora caberá a vocês iniciar uma nova etapa. Desejo boa sorte, disposição, firmeza. Sabem que contam com meu apoio”, completou Suzana.

Textos relacionados: