ABI BAHIANA Notícias

ABI e IGHB iniciam ciclo de debates sobre cultura nesta terça (22)

Na tarde desta terça-feira (22), terá início o ciclo de debates “Três novos endereços de Cultura”, evento sugerido pela Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e que será realizado pelo Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), às 15h30, no salão nobre do instituto. Com a presença da presidente do IGHB, professora Consuelo Pondé, a primeira edição do evento abordará a situação da primeira sede do governo primaz da Igreja Católica, o Palácio Arquiepiscopal de Salvador, que passa por intenso processo de arruinamento. O prédio construído no início do século XVIII integra o Centro Histórico de Salvador, principal vitrine turística e cultural da Bahia, mas convive com o abandono constantemente denunciado pela ABI.

Leia também:

Em 2015, o Palácio Arquiepiscopal completa três séculos de existência - Foto: Joseanne Guedes/ABI-Bahia
Em 2015, o Palácio Arquiepiscopal completará três séculos de existência – Foto: Joseanne Guedes/ABI-Bahia

O evento, cujo objetivo é auxiliar a viabilização de três projetos fundamentais para a cidade, traz a palestra do arquiteto e professor Francisco Senna, que é autor de um projeto de restauração do imóvel. Há também o projeto do arquiteto Olympio Augusto Ribeiro, de São Paulo, que em 2001, pretendeu levantar recursos para a restauração do imóvel do século XVIII através da Lei Rouanet, e adaptá-lo para servir como Memorial da Arquidiocese. O outro projeto é dos arquitetos Aline Costa e Francisco Prisco Paraíso. Os dois propõem a destinação do prédio para Museu da Cúria.

O ciclo “Três novos endereços de Cultura” volta nos dias 12 de agosto e 20 de novembro deste ano, com debates sobre as dificuldades do projeto “Memorial da Resistência” e sobre o Museu Nacional de Cultural Afro-Brasileira (MuNCAB), respectivamente.

Textos relacionados: