Blog das vidas

Jornalismo baiano perde Cesar Barrocas

Lembrando pela atuação na assessoria da SMS, Barrocas foi da turma de 1987 da Facom

Faleceu na última sexta-feira (10) o jornalista baiano Cesar Barrocas, lembrado principalmente pela sua atuação como assessor de comunicação da Secretaria de Saúde do município de Salvador durante os governos Antônio Imbassahy e João Henrique. Formado pela Faculdade de Comunicação da UFBA, egresso da turma de 1987, Barrocas também foi repórter do jornal Tribuna da Bahia e também teve passagem pela Secretaria de Comunicação do Governo do Estado. De acordo com reportagem do jornal Correio, ele lutava há 11 anos contra um câncer de tireoide. Ele deixa esposa e um filho. O velório e cremação ocorreu no sábado (11) no Cemitério Jardim Bosque da Paz.

Nas redes sociais, amigos homenagearam Barrocas. “Um grande profissional, um colega atento que me ajudou e ensinou muito quando vim pra Bahia”, afirmou o apresentador Jhonatã Gabriel. Compartilhando uma foto com Barrocas rodeado de um grande grupo de colegas, Jorginho Ramos escreveu: “Despedidas são sempre tristes, mas… lembrar da última cena que vivenciamos com amigos leais e sinceros é algo que os mantém eternos”. Outra lembrança de reuniões de amigos veio de Bene Simões. “Nos conhecemos em meados da década dos anos 1980 na redação da Tribuna da Bahia. Desde então ele foi uma pessoa presente na minha vida e da família e, creio, sempre será, mesmo em outro plano”, lembrou. “Cesinha Barrocas, um amigo desde o cursinho pré-vestibular, da residência de Conquista até o Curso de Comunicação”, recordou Karde Mourão.  Emitiram nota de pesar a Faculdade de Comunicação e o Sindicato de Jornalistas da Bahia, o Sinjorba.

Textos relacionados: