ABI BAHIANA Notícias

Festa para o Dia do Jornaleiro!

Hoje é o dia do profissional que faz a informação chegar até você há mais de 150 anos no Brasil. O jornaleiro pode ser aquele que gerencia as bancas de jornais, que vende todo tipo de material informativo periódico como jornais, revistas, palavras-cruzadas e apostilas, ou, sobretudo, aqueles que vendem jornais nas ruas ou nos semáforos. Seja como for, todos são canal de informação. Nesta terça-feira, 30 de setembro, a Associação Bahiana de Imprensa (ABI) parabeniza os responsáveis por garantir que notícias cheguem à comunidade todos os dias.

Um pouco de história…

Dados históricos contam que tudo começou com os negros escravos que saíam pelas ruas gritando as principais manchetes estampadas nas primeiras páginas do jornal ‘A Atualidade’ (primeiro jornal a ser vendido avulso, no ano de 1858). No século 19, imigrantes italianos chegaram ao Brasil e expandiram a atividade, paralela ao desenvolvimento da imprensa no País. Na época, os ‘gazeteiros’, como eram chamados, não tinham ponto fixo e carregavam os jornais nos ombros pelas ruas da cidade.

As primeiras bancas eram montadas sobre caixotes de madeira, com uma tábua em cima, onde os jornais ficavam expostos para venda. Com o passar dos anos e com a popularização do serviço, as bancas foram evoluindo e hoje existem em diversas estruturas. Atualmente, as bancas nem sempre estão instaladas em ruas. Há muitas dentro de estabelecimentos comerciais e o público que as frequenta é muito diversificado. Com informações do O Jornal de Hoje.