Notícias

Centro Histórico recebe programação tradicional neste São João

Com objetivo de valorizar a cultura do Nordeste, uma programação bastante tradicional promete esquentar as noites de São João do Centro Histórico de Salvador. Adelmário Coelho, Virgílio, Cicinho de Assis, Flávio José, Dorgival Dantas e Trio Virgulino são algumas das atrações que vão passar pelos palcos montados no Largo do Pelourinho, Terreiro de Jesus e no Cruzeiro de São Francisco, já a partir desta quinta (22). O festejo gratuito é mais uma alternativa para baianos e turistas que optaram por não viajar para as cidades do interior do estado. O “São João da Bahia”, que acontece também em Paripe (subúrbio ferroviário), segue até sábado (24), com mais de 50 atrações.

E tem forrozeiro já se preparando para a festa, como o cantor e compositor Targino Gondim, que se apresenta no Terreiro de Jesus, no dia 24. Trabalhando e levando o forró e a cultura do povo sertanejo para o País o ano inteiro, o São João tem, para o artista, um valor ainda mais especial.

“Fico sempre muito feliz de ser convidado e fazer parte desta festa em Salvador, porque o São João é o nosso palco, de todos os forrozeiros ligados à tradição. É muito legal quando estamos tocando e sentimos o público também, é um momento de muita alegria para ambos. E o Pelourinho já tem as cores, as luzes, preparado para receber as famílias, e a música vem dar esse toque final”, contou ao jornal Tribuna da Bahia.

Acidente

Nesta terça (20), o palco instalado no Terreiro de Jesus desabou, deixando feridos quatro pessoas que trabalhavam no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os trabalhadores estão fora de perigo. Responsável pelo evento promovido pelo Governo do Estado, a Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa)  informou que, após a liberação da perícia técnica, a montagem da estrutura foi retomada.

A previsão é de que a instalação do palco seja concluída até a tarde de hoje (22), o que manterá a programação da festa. “Foram adotadas todas as providências necessárias para garantir a retomada da montagem. A Bahiatursa, solidária, espera a pronta recuperação dos operários que sofreram o acidente”, diz nota divulgada pelo órgão.

*Com informações do jornal Tribuna da Bahia