Notícias

IBRAF lança prêmio para reportagens sobre a África

O Prêmio IBRAF de Jornalismo, uma iniciativa do Instituto Brazil Africa, irá contemplar as melhores reportagens que tenham como temática o continente africano, nas seguintes categorias: TV, rádio, impresso e web. O instituto espera que os trabalhos apresentem uma nova abordagem sobre a África e seus aspectos socioeconômicos. As inscrições estão abertas até o dia 30 junho de 2020. Podem participar jornalistas profissionais brasileiros e estrangeiros. 

Para concorrer, as reportagens necessitam estar veiculadas em língua portuguesa, entre os dias 1° janeiro de 2019 e 30 de junho de 2020. Os profissionais brasileiros interessados em participar precisam estar registrados no Sistema de Informatizado do Registro Profissional da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia (SIRPWEB). 

De acordo com a entidade, a cobertura da imprensa brasileira mostra-se limitada, e também “repleta de desinformação e estereótipos, contribuindo para a construção de uma imagem inverossímil do continente”. Portanto, serão premiadas as reportagens que tratam com profundidade e amplitude, uma perspectiva contemporânea do continente africano, que explore o desenvolvimento, desafios, oportunidades e soluções, de preferência com a participação de pessoas e organizações brasileiras. 

Os vencedores serão anunciados no dia 2 de outubro de 2020 e o valor da premiação é de 5 mil reais para cada categoria. A entrega dos prêmios ocorrerá durante a cerimônia de premiação em local e data a serem divulgados nos veículos de comunicação do IBRAF. 

Mais informações acesso o site (www.ibraf.org/premio)

Notícias

A Tarde conecta jornalistas e convidados em transmissões ao vivo

Com a pandemia do novo coronavírus – e grande parte da população em quarentena -, o uso das redes sociais foi intensificado e a distribuição de conteúdos em live (ao vivo) tem se tornado cada vez mais frequente. Muitas personalidades públicas adotaram a ferramenta como modo de se conectar ao seus seguidores e fãs, mesmo estando em casa. O Grupo A Tarde, empresa responsável pelo mais antigo jornal impresso em circulação no estado da Bahia, passará a oferecer  uma série de transmissões ao vivo pelo Instagram. A programação envolve jornalistas e convidados por meio do projeto “A Tarde Conecta” para falar sobre a Covid-19 e outros temas.

De acordo com informações divulgadas pelo Portal A Tarde, “além de se aproximar ainda mais do seu público através da iniciativa, o grupo visa aproveitar as transmissões online para integrar profissionais e convidados das mais diferentes localidades”. Caroline Gois, jornalista e diretora do Portal, diz que “o Conecta firma compromisso com a informação, em tempos nos quais a comunicação se torna ainda mais importante”. 

João Leitão, presidente do Grupo, menciona que a organização está acompanhando as mudanças na forma de gerar conteúdo. “Através do A Tarde Conecta, nosso canal de lives nas redes sociais, nosso time de jornalistas trará uma grade de programas e entrevistas, com o objetivo de gerar conteúdos exclusivos para nosso espectador”, explica o gestor.

Para Mariana Carneiro, diretora do Jornal A Tarde, o projeto irá enaltecer ainda mais profissionais, jornalistas experientes e capacitados em várias áreas de conhecimento. A primeira transmissão foi realizada na última segunda-feira (20). O público acompanhou o programa ‘Isso é Bahia’, do A Tarde.fm, com Jefferson Beltrão e Fernando Duarte. Além do ‘Isso É Bahia’, houve também participação governador Rui Costa, entrevistado no “Oswaldo Lira Convida”.

Até sexta-feira haverá programação intensa do A Tarde Conecta, além do “resumo da redação”, onde jornalistas do Grupo apresentam as principais notícias do dia.

*Com informações de Mariana Lopes para o portal A Tarde

Confira a programação de 22 a 24/04:

Dia 22 (quarta-feira):

7h - Isso É Bahia (Jefferson Beltrão e Fernando Duarte);

11h - Política com Raul Aguilar e Bruno Luiz - Jornal A Tarde;

16h - Esporte com Alex Torres - Portal A Tarde e Daniel Dórea - Jornal A Tarde);

17h - Semana do Livro (Fernando Oberlaender - Editora Caramurê e o convidado: Breno Fernandes);

18h - Anota Bahia (Tamyr Mota e Renato França - O futuro dos Shoppings e do Comércio);

Dia 23 (quinta-feira):

7h - Isso É Bahia (Jefferson Beltrão e Fernando Duarte);

10h - Semana do Livro (Fernando Oberlaender - Editora Caramurê e o convidado: Jadelson Andrade);

16h - Saúde Metal com o Especialista Eduardo Reis;

18h - Anota Bahia (Tamyr Mota e Renato França - Os limites do humor: censura x crime);

Dia 24 (sexta-feira):                                                                                   

7h - Isso É Bahia (Jefferson Beltrão e Fernando Duarte);

11h - Temas de Carreira (Ana Carolina Heckell);

16h - Resumo Câmara com Raul Aguilar Jornal A Tarde);

18h - Saúde Metal com o Especialista Eduardo Reis


Notícias

Curso para jornalistas traz ferramentas e técnicas para monitorar informação sobre a Covid-19

O First Draft disponibilizou de forma gratuita o curso “Cobrindo o coronavírus: um curso online para jornalistas”, para ajudar os profissionais de redação e comunicação a enfrentar o desafio de cobrir a COVID-19. A iniciativa fornece aos trabalhadores da notícia “as ferramentas práticas, técnicas e conselhos de que precisam para combater a ‘infodemia’ e produzir uma cobertura credível do coronavírus”, diz o anúncio do projeto (em inglês).

“Juntamente com a rápida disseminação do coronavírus, um “infodêmico” também está em marcha. Informações enganosas ou incorretas sobre a doença, como ela se espalha e como podemos nos proteger contra estão aumentando. Esse ambiente digital complexo apresenta desafios para jornalistas e repórteres”, ressalta o First Draft. Segundo a empresa, o curso foi projetado para ser pequeno, para que repórteres ocupados encontrem tempo para desenvolver habilidades, aprender sobre as melhores práticas e descobrir novas ferramentas e técnicas.

Além de meios para monitorar e verificar informações, o curso também traz tópicos que abordam como cuidar da saúde mental enquanto cobram a pandemia. O programa inclui métodos para entender o distúrbio da informação e como e por que a informação falsa se espalha; como monitorar informações relacionadas ao coronavírus na web; as principais ferramentas e técnicas para verificar o conteúdo online; e práticas recomendadas para diminuir a disseminação de informações erradas.

Inscrições podem ser feitas neste site, onde o profissional precisará criar um usuário.

Notícias

Bolsa Rosalynn Carter financia reportagens sobre saúde mental

Em parceria com a Fundação Gabo, a ONG norte-americana Carter Center e a Universidad de La Sabana, da Colômbia, lançaram mais uma edição da bolsa Rosalynn Carter para jornalismo sobre saúde mental. Serão selecionados dois projetos de jornalistas latino-americanos. Os profissionais receberão US$ 7 mil (R$ 36,7 mil reais) para investigar o tema durante o período de um ano, de setembro de 2020 a setembro de 2021. As inscrições são até o dia 30 de junho.

Os selecionados participarão de um programa de treinamento no Carter Center, em Atlanta, Geórgia (EUA), com todas as despesas cobertas pela organização. Para se candidatar, são necessários os seguintes requisitos: ser residente de um país da América Latina; ter no mínimo, três anos de experiência profissional; ser fluente em inglês e espanhol e trabalhar em um veículo de comunicação. São aceitas inscrições duplas, neste caso, o valor da bolsa será dividida ao meio.

Os interessados devem enviar um currículo com sua trajetória acadêmica e profissional, um texto de até mil palavras explicando o projeto proposto, três exemplos de trabalhos anteriores e uma carta do veículo que se compromete a publicar o material, caso seja selecionado. 

Sobre a bolsa – A bolsa Rosalynn Carter para Jornalismo de Saúde Mental foi criada em 1996 e tem o objetivo de colaborar para a cobertura responsável e rigorosa sobre saúde mental, e com isso diminuir as informações incorretas e estigmatizantes ao redor do assunto. Ex-bolsistas do programa já produziram mais de 1.400 materiais jornalísticos sobre o tema durante e depois do programa.

 

Serviço

Bolsa Rosalynn Carter para Jornalismo de Saúde Mental 2020-2021

Inscrições: até 30 de junho de 2020 

Quando: set/2020 a set/2021

Inscrições: site da Fundação Gabo.

Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail <[email protected]>

*Com informações da Folha de S. Paulo