Notícias

Inscrições abertas para programa sobre jornalismo e histórias

Organização sem fins lucrativos que promove o debate acadêmico e a produção de conhecimento nas áreas de direito e tecnologia, InternetLab recebe até sexta-feira, 3 de fevereiro, inscrições para a primeira edição da Escola InternetLab. O programa “Para contar as histórias do futuro: jornalismo e políticas de internet” será realizado de 2 a 14 de abril e vai debater o jornalismo e as histórias e conflitos que envolvem direitos digitais.

O treinamento é gratuito e, ao todo, serão selecionados 20 jornalistas – dez do Brasil e dez de outros países da América Latina. O InternetLab oferece bolsas para cobrir despesas com outros custos relativos ao curso, como acomodação, alimentação, e transporte.

O coordenador de cursos da Abraji, Tiago Mali, será um dos instrutores do programa, que envolve palestras, seminários, oficinas e workshops, além de acompanhamento remoto dos participantes.

Nesta edição, três eixos temáticos norteiam a programação. São eles: por dentro dos conflitos (internet, política, histórias, tendências); como contar histórias? (bases de dados, vazamentos, fact-checking); e efeitos a serem considerados (big data, efeito bolha, engajamento, segurança).

Convidados de vários veículos e iniciativas também compartilharão suas experiências e vão discutir o uso de bases de dados na construção de narrativas, os desafios decorrentes do big data, ferramentas de segurança digital, exemplos de jornalismo investigativo e jornalismo de dados. Temas atuais como os bloqueios do WhatsApp, a remoção de conteúdo de plataformas online e a relação entre internet, gênero e raça também serão destacados na Escola InternetLab 2017.

O treinamento é voltado para jornalistas interessados em contar histórias sobre as mudanças sociais, políticas e culturais decorrentes da expansão da tecnologia e da internet.

As inscrições devem ser feitas pelo envio de um e-mail para [email protected], com os seguintes arquivos: currículo, carta de motivação, cópia de artigo publicado recentemente na área de tecnologia, carta de recomendação (opcional).

O edital completo com todas as informações sobre a Escola InternetLab pode ser lido aqui.

*Informações do Portal Comunique-se

Notícias

Estadão abre inscrições para programa de jornalismo

Jovens jornalistas formados em 2014 ou 2015 e estudantes de jornalismo com previsão de conclusão de curso até o fim de 2016 podem se inscrever na 27ª edição do Curso Estado de Jornalismo. Com duração de três meses (de 12 de setembro a 9 de dezembro), o programa popularmente chamado de Foca, em referência ao apelido dado no meio da imprensa aos comunicadores em início de carreira, oferece 30 vagas este ano. o período de inscrição para a edição 2016 do treinamento em jornalismo será encerrado em 31 de julho.

A lista com os nomes dos novos focas do Grupo Estado está programada para ser divulgada em 28 de agosto. Antes, os interessados em participarem do projeto têm que passar por outras três etapas: cadastro de currículo e realização de teste online (no momento da inscrição); ser um dos 90 pré-selecionados (7 de agosto); e ir bem nas entrevistas e provas presenciais (de 22 a 25 de agosto).

  • As inscrições para o 27º Curso Estado de Jornalismo devem ser feitas exclusivamente por meio do site Vagas.com
logo focas 26 curso estado de jornalismo
logo focas 26 curso estado de jornalismo

os organizadores informam que além da formação recente em jornalismo ou na reta final da graduação, ter fluência no idioma inglês é um dos requisitos básicos para ter chance de integrar a turma. Com atrativo, os responsáveis pelo programa destacam que os focas irão atuar nas redações mantidas pelo Grupo Estado em São Paulo. Atualmente, a empresa controla veículos como o jornal O Estado de S. Paulo, as rádios Estadão e Eldorado, o site Estadão.com.br e a Agência Estado.

O programa de jornalismo de 2016 será gratuito – assim como foi nas edições anteriores. Os jovens jornalistas selecionados irão ter acesso a conteúdo teórico com aulas de política, economia, português, ética e direito. Também vão acompanhar palestras com editores e repórteres do Grupo Estado. Na parte prática, os alunos vão atuar nas redações, sendo monitorados por colegas experientes. Ao fim do treinamento, a turma terá de produzir projeto jornalístico multiplataforma, conteúdo que será aproveitada pelas versões impressa e online do Estadão.

*As informações são do Portal Comunique-se.

Notícias

Escola Metrópole de Comunicação recebe inscrições para nova turma

Estão abertas as inscrições para a nova turma da Escola Metrópole de Comunicação, uma iniciativa do Grupo Metrópole, que oferece imersão na prática profissional multimídia e engloba experiências em rádio, impresso e digital. Podem participar estudantes, recém-formados e profissionais da área de comunicação, que buscam um aprofundamento de suas carreiras. A segunda edição do curso “Jornalismo na Prática – Módulo Inicial” acontece de 08 a 13 de agosto. Para informações sobre formato das aulas, duração do curso e custo, acesse o site da Escola Metrópole.

EMC-aulaEntre os profissionais que fazem parte da EMC estão Mário Kertész, o fundador do Grupo Metrópole; o diretor-geral do Grupo, Chico Kertész; a jornalista Malu Fontes, professora da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (FACOM/Ufba); o presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, e a fonoaudióloga Ana Borja, especialista em Saúde do Trabalhador e consultora de voz da Rede Record. Completam  o time nomes como os apresentadores Nardele Gomes, Rita Batista, Luana Montargil, o chefe de redação da Metrópole, Felipe Paranhos, os jornalista André Teixeira e José Raimundo; e o publicitário e músico Faustão.

Veja como foi a primeira edição: