Notícias

Imprensa internacional repercute acidente com o avião da Chapecoense

As principais manchetes da imprensa internacional destacaram, na manhã desta terça (29), a queda do avião com a delegação do time de futebol Chapecoense, de Santa Catarina. O acidente aéreo matou mais de 70 pessoas, entre elas jornalistas esportivos brasileiros e jogadores, que disputariam a final da Copa Sul-Americana contra o clube colombiano Atlético Nacional. A aeronave foi encontrada em uma região montanhosa de difícil acesso de Cerro Gordo, a 30 quilômetros do aeroporto de Medellín, na Colômbia. A pior tragédia da história do futebol brasileiro comoveu o mundo e desencadeou manifestações de pesar nas redes sociais.

Cerca de 90 trabalhadores de serviços de emergência trabalharam no local e conseguiram resgatar 6 sobreviventes. Segundo comunicado da Aeronáutica Civil Colombiana, os sobreviventes são os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann, o jornalista Rafael Henzel, o técnico da aeronave Erwin Tumiri e a comissária de bordo Ximena Suarez. O goleiro Danilo também tinha sido resgatado com vida, mas morreu no hospital.

O voo que levava 81 pessoas (72 passageiros e 9 tripulantes) partiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, porque a operação dele a partir do Brasil havia sido proibida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Em nota, a agência afirmou que a Lamia solicitou autorização de voo para o transporte do time para partir para a Colômbia na segunda-feira. “O pedido foi negado com base no Código Brasileiro de Aeronáutica (CBAer) e na Convenção de Chicago, que trata dos acordos de serviços aéreos entre os países. O acordo com a Bolívia, país originário da companhia aérea Lamia, não prevê operações como a solicitada”, destacou a nota.

Cobertura

Os principais jornais, canais de televisão e de rádio da Colômbia estão com foco total na cobertura do acidente. O maior jornal da Colômbia, o El Espectador, informava sobre a suspeita de que o acidente teria sido causado por uma pane seca no avião. O portal de notícias colombiano Mi Oriente publicou em seu perfil na rede social Twitter um vídeo do momento do resgate do sexto sobrevivente, o jogador brasileiro Neto.

Segundo o jornal britânico The Guardian, que faz uma cobertura ao vivo do acidente, uma equipe da Agência Britânica de Investigação de Acidentes Aéreos será enviada para a Colômbia para colaborar com as investigações. O veículo também destaca que a polícia trabalha com a possibilidade de falha elétrica no avião, após a informação de que um alerta de emergência foi emitido ao aeroporto de Medellín.

A tragédia que ocorreu nesta madrugada também aparecia na página principal no site do jornal The Times, com foco para os seis sobreviventes do acidente. Nos Estados Unidos, emissoras de rádio e televisão informaram que o avião vinha da Bolívia para o aeroporto de Medellín, na Colômbia. O acidente ganhou espaço na página principal do jornal The New York Times.

O espanhol El País dá grande espaço na sua página principal para a cobertura do acidente. Entre as manchetes estava o nome do jogador Cléber Santana, que jogou pelo clube espanhol Atlético de Madrid e que não sobreviveu. O jornal também publicou uma reportagem sobre o time catarinense, classificando-o como “um clube humilde que disputaria sua primeira final internacional”.

Na Argentina, o Clarín faz uma grande cobertura do caso e publicou uma galeria de imagens do acidente. O jornal também cita o jogador Alejandro Martinuccio, o único argentino do time, que não embarcou no voo por conta de uma lesão. O jornal esportivo Olé também fala sobre o caso de Martinuccio e traz um perfil da Chapecoense, que eliminou nas fases anteriores do campeonato sul-americano dois clubes argentinos.

E até o jornal japonês The Japan News coloca a tragédia como destaque principal do seu site, deixando de lado as notícias regionais de que a presidente sul-coreana, Park Geun-hye, deve renunciar ao cargo.

*Informações da EXAME e do G1.

Notícias

Seminário ‘Paixão Futebol Clube’ reúne ex-jogadores, dirigentes esportivos e imprensa em Salvador

O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), com o apoio da Bahiatursa, Secult e Unijorge, marca nesta segunda (7 de abril) um gol de placa ao começar uma semana de debates sobre a mais importante manifestação cultural na constituição do perfil identitário do brasileiro: o futebol. Trata-se do seminário “Paixão Futebol Clube”, com a presença de especialistas, jornalistas, professores, ex-jogadores e interessados na história do futebol. São 114 anos de curtição com a bola desde que Zuza Ferreira desembarcou de Londres com as primeiras gorduchas e um livro de regras na mão. É a primeira vez, neste tempo todo, que os baianos reúnem uma seleção de pesquisadores para conversar frente a frente com a torcida.

O encontro coincide com a fase final do campeonato baiano, disputado desde 1905, quando o Internacional, formado por ingleses e integrantes da colônia britânica, foi o vencedor. Nesta edição, Vitória e Bahia voltam a disputar o título, nos dias 6 e 13 de abril, em partidas programadas para a Fonte Nova e o Estádio de Pituaçu.

Durante o encontro, o antropólogo Jeferson Bacelar vai tabelar com Aloildo Gomes Pires, autor, entre outros, do precioso e raro livro ‘Popó-o craque do povo’, único registro do primeiro ídolo. A cineasta e doutoranda em Sociologia, Priscila Andreata, vai levar o público a um passeio cinematográfico com a bola no pé, em parceria com o jornalista João Carlos Sampaio.

Foto – divulgação

Na quarta-feira, o ‘colombaiano’ Nelson Varón Cadena, guardião de nossa memória, forma a dupla de zaga de pesquisadores com o professor, jornalista e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Luis Teles.

Na quinta-feira, o tema é Futebol e Ídolos: a goleada de conhecimento estará com a dupla de artilheiros Galdino Silva e Normando Reis, autor do livro Bahia: uma história de glórias. São dois pesquisadores tão dedicados ao tema que frequentam diariamente o arquivo do IGHB em busca de confirmações para suas informações esportivas.

No encerramento, o professor e jornalista Paulo Leandro levará parte do conhecimento produzido sobre a transformação da torcida de futebol, como resultado da tese de doutorado orientada por Maurício Tavares, na Universidade Federal da Bahia.

Foto – Divulgação

Fred Flávio do Chame-Chame estará todas as tardes com jogadores campeões do futebol baiano, para debater com os torcedores e curtidores da bola em Salvador. “Ao final do encontro, os pesquisadores planejam fundar uma associação com o objetivo de reunir toda esta produção de conhecimento a fim de divulgar e fazer com que os baianos tenham mais informações de qualidade sobre esta manifestação cultural capaz de vencer todas as barreiras de etnia e classe social”, complementa Paulo Leandro, coordenador da iniciativa.

As inscrições são gratuitas, basta aparecer todas as tardes, entre 14 e 17 horas, na arena do IGHB, localizado na Piedade (em frente ao Shopping Center Lapa) ou encaminhar email para [email protected] Mais informações no tel. 71 3329 4463 (das 13h às 17h).

O que: Seminário Paixão Futebol Clube
Coordenação: prof. Paulo Leandro (Ufba)
Quando: 7 a 11 de abril, das 14h às 17h
Onde: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia
Avenida Joana Angélica, 43 – Piedade
CEP 40050-001
ww.ighb.org.br/ (71) 3329 4463
CLEIDE NUNES – 9974 5858

PROGRAMAÇÃO

Dia 7 (segunda-feira) – Futebol e História – Jeferson Bacelar e Aloildo Gomes Pires

Convidados: Zé Carlos (campeão brasileiro pelo Bahia), Emerson Ferretti (ex-goleiro e atual presidente do Ypiranga) e Quintino Barbosa (técnico de futebol, eleito o melhor técnico do campeonato baiano 2013)

Dia 8 (terça-feira) – Futebol e Cinema – Priscila Andreata e João Carlos Sampaio
Thiago Mastroianni (Narrador e apresentador do Globo Esporte da TV Bahia, além de apresentador da Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador), André Hiltner (repórter esportivo da Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador) e Sinval Vieira (Ex-diretor do Vitória e da FBF, assessor técnico da SUDESB e comentarista da Rádio Transamérica)

Dia 9 (quarta-feira) – Futebol e Mídia – Luís Teles e Nelson Varón Cadena
Newton Mota (ex-coordenador das divisões de base do Bahia, Vitória, dentre outros clubes do Brasil), Cristina Mascarenhas (editora do Bahia Esporte da TV Bahia e apresentadora da Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador), e Alberto Leguelé (ex-jogador do Bahia e Flamengo que disputou os jogos olímpicos de 1976).

Dia 10 (quinta-feira) – Futebol e Ídolos – Normando Reis e Galdino Silva
Elton Serra (Comentarista Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador e colunista do site iBahia.com), Bruno Queiroz (repórter esportivo da Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador), Hailton Andrade (editor de esportes do site IBahia.com e comentarista da Equipe CBN EM CAMPO – CBN Salvador),, Rodrigo Cintra (ex-árbitro de futebol e atual comentarista de arbitragem da TV Bahia).

Dia 11 (sexta-feira) – Futebol e Torcida – Paulo Leandro e Fred Flávio
Edu Lima (ex-jogador do Vitória, Bahia e comentarista de esporte da Rádio Itapoan), Demilson Barreto (ex-goleiro do Vitória – campeão baiano de 1985 e ex-árbitro de futebol), Jorge Maia (conselheiro do Bahia) e Selma Morais (jornalista, apresentadora do programa Bahia Motor da TVE, apresentadora do programa Mulheres na Copa da rádio Transamérica e presidente da Federação de Automobilismo da Bahia).